top of page
logo_blog.png
Buscar

Procrastinação


Para que se tenha uma vida que valha a pena é necessário tomar algumas medidas importantes que não podem ser negociadas. O problema já começa aqui. Temos uma mania incorrigível de negociar os termos dessas medidas. É a procrastinação, do latim procrastinatus: pro- (à frente) ecrastinus (de amanhã). O dicionário Aurélio define Procrastinar como: 1. Transferir para outro dia; adiar; delongar, demorar… Logo, um procrastinador é um indivíduo que evita tarefas ou que está evitando uma tarefa em particular. O que o Aurélio não revela é que o ato de procrastinar é sintoma de um problema de ordem psíquica.


A procrastinação resulta em desconforto e prejuízo em muitas áreas. O dano incide sobre o patrimônio material e existencial. Sensação de culpa, perda de produtividade e vergonha por ser classificado como preguiçoso, irresponsável, etc.

Não é incomum que de vez em quando nos portemos de modo a relaxar com a rigidez das exigências e acabemos procrastinando. Quando essa procrastinação, entretanto, se torna crônica, manifestando-se com uma frequência ligeiramente acima do aceitável, então é provável que o caso seja sinal de algum problema de ordem psicológica ou fisiológica.


Ainda que se possa explicar a procrastinação como desordem psicológica ou fisiológica, cumpre a nós, como responsáveis por administrar nossas vidas, romper com suas cadeias. Essa é uma batalha a ser vencida em nós mesmos e sobre nós mesmos!

A procrastinação está por trás da privação verificada na vida de muitos. A prosperidade deveria ser regra, a escassez, exceção. Se falharmos em gerenciar o tempo e as oportunidades, entregando-nos ao ócio e à procrastinação, nos veremos prejudicados e experimentaremos a falta no lugar da provisão.


Stop waiting for things to happen; Go out and make them happen! “Pare de esperar que as coisas aconteçam; saia a campo e faça com que aconteçam!” Lembre-se: Procrastinação e realização não se combinam! Arregace as mangas e faça o que precisa ser feito. Não faltarão motivos para celebrar!

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page